Energia Solar e Agronegócio

Energia Solar cresce no setor de agronegócio

Você já deve saber das vantagens para empresas e residências optarem por um sistema de energia solar, não é mesmo? Economia na conta de luz, energia limpa, sustentável. Porém, um setor que está apostando bastante em energia solar é o agronegócio. Segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), a energia solar fotovoltaica já soma 2,3 gigawatts (GW) de potência instalada nas atividades do país, incluindo residências, indústrias, produtores rurais e mais. Ainda segundo a ABSOLAR, o agronegócio é responsável hoje em dia por 8,7% dos investimentos em energia solar e tende a crescer muito nos próximos anos.

O investimento em energia solar vem para inovar a produção com a redução de consumo de energia elétrica em até 90%, além de gerar eletricidade a partir de uma fonte limpa e renovável: o sol. Os benefícios da energia solar no agronegócio vão desde auxiliar no bombeamento de água, trocando as bombas movidas à diesel por equipamentos à base de energia solar até mesmo economizar nos maquinários, cercas elétricas das fazendas e muito mais.

“O uso da energia solar fotovoltaica junto ao agronegócio traz ganhos de competitividade aos produtores rurais, pois reduz os custos com eletricidade, aumenta a segurança elétrica, protege o consumidor contra os aumentos das tarifas de eletricidade, torna a produção no campo mais limpa e sustentável e agrega valor à marca do produtor rural”, diz Ronaldo Koloszuk, presidente do conselho de administração da ABSOLAR.

“A tecnologia é extremamente versátil e pode ser utilizada no bombeamento e na irrigação de água, na refrigeração de carnes, leite e outros produtos, na regulação de temperatura para a produção de aves e frangos, na iluminação, em cercas elétricas, em sistemas de telecomunicação, no monitoramento da propriedade rural, entre muitas outras funcionalidades. A sinergia entre o agro e a solar fotovoltaica é enorme”, completa Rodrigo Sauaia, CEO da entidade.

Fonte: Absolar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.